Doce Luar

Versos e mensagens, minhas ou de outrém...



Um pássaro esvoaça,
Afastando as nuvens tal um véu inútil,
Nunca teve medo da luz,
Recluso do seu voo
Nunca teve sombra.

Conchas de colheitas despedaçadas pelo sol.
No bosque todas as folhas dizem que sim,
Elas só sabem dizer que sim,
A toda a questão toda resposta
E o orvalho gira no fundo desse sim.

Um homem de olhos suaves descreve o céu do amor.
Junta as maravilhas
Como num bosque as folhas,
Como os pássaros nas suas asas
E os homens no sono.



(George Braque)

0 comentários:

Postar um comentário

Quem és tu que me lês? És o meu segredo ou sou eu o teu?

Clarice Lispector

Carinho

Carinho
da amiga Dandara

da amiga Srtª Bêêh

recebido da Joyce Kelly

da Joyce Kelly

Da Pat...

De A dangerous mind (1 dos 4)

de A Dangerous Mind e Somewere

de A Dangerous Mind

de A Dangerous Mind
Ocorreu um erro neste gadget

Por aqui ficaram:

Todos os textos aqui expostos e que não possuem assinatura são de autoria da proprietária do blog, os demais encontram-se devidamente referenciados. As imagens podem ser encontradas no google images. Por favor, não plagie, respeite os autores, crie suas próprias estórias. Obrigada pela visita, voltem sempre! bjus da kirah^^

hoje (clique vídeo)

hoje (clique vídeo)
Talvez eu já saiba a resposta...

Mo Foo