Doce Luar

Versos e mensagens, minhas ou de outrém...


     




Nossa, quantos mimos recebi por esses dias, agora que fui juntar tudo me senti até emocionada, adoro vocês meninas, obrigado mil vezes pelos selinhos...   


De    A Dangerous Mind e Somewhere


       






 Regras: 

1 - Publicar o selo e o link do meu Mundo de Magia

Mundo de Magia

 2 - Repassar para, pelo menos seis blogs - de preferência para aqueles que  já presentearam o seu blog com selinhos - não esqueçam de avisar os blogs escolhidos.



No final do post...


Riscar o que eu já fiz

01. Pagar uma bebida aos amigos.
02. Pegar num tubarão.
03. Dizer “eu te amo” sentindo amor de verdade.
04. Abraçar uma árvore.
05. Achar que vai morrer.
06. Ficar acordado a noite inteira e ver o nascer do sol.
07. Não dormir por 24hrs.
08. Cultivar e comer os teus próprios vegetais.
09. Dormir sob as estrelas.
10. Mudar a fralda de uma criança.
11. Ver uma estrela cadente.
12. Ficar embriagado.
13. Doar coisas pra caridade.
14. Olhar para o céu e achar o cruzeiro do sul.
15. Ter um ataque de riso na pior altura possível.
16. Fazer uma luta de comida.
17. Apostar e perder.
18. Convidar um estranho para sair.
19. Fazer guerrinha de papel.
20. Gritar o mais alto que puder.
21. Pegar num cordeiro.
22. Andar de montanha russa.
23. Dançar como um louco e não se preocupar se estão olhando.
24. Falar com sotaque por um dia inteiro.
25. Estar mesmo feliz com a tua vida.
26. Ter dois hard drives para o computador.
27. Conhecer o teu país.
28. Cuidar de alguém embriagado.
29. Ter amigos fantásticos.
30. Dançar com um estranho.
31. Roubar uma placa/sinal de trânsito.
32. Fazer um passeio de noite na praia.
33. Ficar de coração partido mais tempo do que se esteve realmente apaixonado
34. Sentar-se à mesa de um estranho num restaurante e comer com ele
35. Imitar uma vaca.
36. Fingir que se é um super-herói
37. Cantar karaokê.
38. Mergulhar
39. Beijar na chuva
40. Brincar na lama
41. Brincar na chuva.
42. Apaixonar-se e não ficar de coração partido
43. Visitar locais ancestrais.
44. Fazer uma arte marcial.
45. Entrar num filme.
46. Ser penetra numa festa
47. Ficar sem comer cinco dias
48. Fazer um bolo sozinho.
49. Fazer uma tatuagem 
50. Receber flores sem razão.
51. Representar num palco
52. Gravar música.
53. Ter um caso de uma noite.
54. Guardar um segredo.
55. Cantar bem alto no carro e não parar quando perceber que tem gente olhando.
56. Sobreviver a uma doença em que se podia ter morrido.
57. Perder dinheiro.
58. Cuidar de alguém com dor de cotovelo
59. Fazer uma festa legal
60. Partir o coração de alguém.
61. Fazer um piercing.
62. Andar de cavalo
63. Fazer uma grande cirurgia
64. Comer sushi.
65. Ter uma foto sua no jornal
66. Mudar a opinião de alguém sobre alguma coisa em que acredita profundamente
67. Fazer de um inseto um animal de estimação
68Selecionar um autor importante que não trabalhou na escola e lê-lo.
69. Comunicar com uma pessoa sem partilharem uma língua comum.
70. Escrever a sua própria linguagem no computador.
71. Pensar que está vivendo um sonho.
72. Pintar o cabelo
73. Ter relação com alguém do mesmo sexo
74. Comer meleca
75. Salvar a vida de alguém.







   


                        


1-       Por que entre tantas atividades você prefere ler?

Porque a leitura me leva a lugares que jamais conheceria de outra forma, e é emocionante...

2- Por que gosta de ler livros físicos (na era da internet muitos lêem por ela)?

Porque gosto de sentir o cheiro do livro (sim, eu faço isso), gosto de sentir o papel na mão, de usar marcadores, de poder ler em qualquer lugar, de carregar comigo, enfim, tantos motivos...

3- Por que comprar livros (poucos usam as bibliotecas ultimamente)? 

Porque quero ter minha própria biblioteca, para que meus filhos tenham material de leitura suficiente para longas e incríveis viagens...

4- De onde vem seu incentivo de leitura, os blogs literários tem alguma influência nele?

Minha professora da 4ª série incentivava muito e acabei por adquirir o gosto pelos livros e sim, os blogs literários são muito importantes, pois em geral são feitos por quem gosta de ler...o que faz toda a diferença!

5- Você lê o que está na moda ou segue algum escritor que te agrada?

Leio aquilo que me conquista, e acredite, os livros sabem como fazê-lo...

6- Ler um livro atrás do outro faz bem?

Não recomendo, bom mesmo é saborear a história mesmo depois de acabada, mas admito que sou uma traça literária e não sigo meu próprio conselho...


  1. Indicar  cinco blogs.Final do Post





2. Uma música que te marcou muito. 

Difícil escolher, mas cito aqui "Aprendi Sozinha - Brava" entre outras que me emocionam sempre.

 
3. Cinco livros que nunca vai esquecer

 A marca de uma lágrima, Capitães da Areia, Os miseráveis, Viagem e vaga música e A menina que roubava livros. (poxa, porque só cinco?)

4. Dizer por que você acha que ganhou o selo. 

-Porque a Poesia une as pessoas...  


Este selinho foi mandado pelo blog  Somewhere . Obrigada pelo carinho 

Regras do Selinho: Apenas deixe uma frase que te levem ao céu *-*

"... se ninguém fala de coisas interessantes, como podem ser chamadas de interessantes?" [Jon McGregor] 


Dedico esses selinhos e desafios à todos os blogs da minha lista (no canto da página), adoro visitá-los e também suas visitas...



PS: desculpem a formatação, meus posts andam a desconfigurar...



Será que não basta abrir mão da minha vida? O que mais podem querer de mim se já não me sobrou nada? 
Talvez um dia...talvez... seria possível que vocês me 
entendessem...será?

 





Já conheci muita gente                          
                           
Gostei de alguns garotos                        
                 
Mas depois de você                            
         
Os outros são os outros...                      

[kid abelha]                               


















Algumas das  palavras 
que estavam acumulando aqui dentro
finalmente se libertaram...
e o que elas dizem?
ah tantas coisas...num silêncio ensurdecedor:
porque o que quero falar não saí?
porque o que me vai na alma se cala?
porque? porque?
porque será que sinto falta de você?
e então?
quantas indagações, eu sei....
tanto querer, nenhum saber
te ter, te querer, ai o meu medo de te perder...
engraçado o quanto a alma chora uma falta que ainda não sente
ou sente?
momentos de inquietação que povoam esse coração
quando se quedará quieto, em paz?
seria mesmo capaz
de ser feliz assim
com você junto a mim
e mais nada?
ai que me sinto cansada
a vida que passa
e nada me comove
nada me marca
ou seria o oposto?
pois me prendo 
em cada rosto
em cada sorriso
em cada olhar...
suponho sentimentos
que talvez não ajam
suponho dores
que não se sentem
suponho amores
que não existem...
e se nisso
meus pensamentos se fixam
que fazer então?
certo ou errado...confusão...
palavras soltas
desabafo
inconclusão
apenas eu...a de sempre, mais uma vez e mesmo assim tão diferente!




Como um brotinho de feijão foi que um dia eu nasci,

Despertei cai no chão e com as flores cresci.

E decidi que a vida logo me daria tudo

Se eu não deixasse que o medo me apagasse no escuro.


Quando mamãe olhou pra mim, ela foi e pensou

Que um nome de passarinho me encheria de amor

Mas passarinho se não bate a asa logo pia

Eu que tinha um nome diferente já quis ser Maria!

Ah! e como é bom voar...

[Tiê]




















“Dança, bailarina, dança, e faz tuas piruetas


Em ritmo com teu coração ferido.

Dança, bailarina, dança, não deves esquecer

Que precisas o bailado terminar.

Uma vez, disseste que o amor tinha que esperar,

Pois querias antes a fama, o teu grande objetivo.

Vivemos e aprendemos... O amor se foi, bailarina; acabou".

[Virginia C. Andrews - A saga dos Foxworth, O Jardim dos esquecidos]









Meu coração está dolorido
E eu nem sei
O motivo e a razão
Será a sua falta?
Te queria do meu lado agora
Pra abraçar apertado
E afastar esse medo doentio
Que sinto aqui
Cadê você?
Me tira dessa aflição
Assim não dá
Pra ficar
Alma chora
Quer gritar
Ai que vazio é esse
Que invade 
O  meu peito de repente
E parece que nada preenche
Só você...estou dependente
É fato
O que fazer?
Ai esse laço, esse nó
Na garganta
Esse sentimento
Que nada adianta
Meu pensamento
Voa em sua direção
Te pede socorro
Te pede atenção
E diz que só basta
Um sorriso teu
Para haver calma
Nesse coração
Que em tempestade se acha...























Nunca usé un antifaz
Voy de paso
Por este mundo fugaz


No pretendo parar
¿Dime quién camina
Cuando se puede volar?


Mi destino es andar
Mis recuerdos
Son una estela en el mar

Lo que tengo, lo doy
Digo lo que pienso
Tómame como soy

Y va liviano
Mi corazón gitano
Que solo entiende de latir
A contramano
No intentes amarrarme
Ni dominarme
Yo soy quien elige
Como equivocarme

Aprovechame
que si llegué ayer
Me puedo ir mañana
Que soy gitana
Que soy gitana

Sigo siendo aprendiz
En cada beso
Y con cada cicatriz

Algo pude entender
De tanto que tropiezo
Ya sé como caer

Y va liviano
Mi corazón gitano
Que sólo entiende de latir
A contramano
No intentes amarrarme
Ni dominarme
Yo soy quien elige
Como equivocarme

Aprovéchame
Que si llegué ayer
Me puedo ir mañana
Que soy gitana

Vamos y vemos..
Que la vida es un goce
Es normal que le temas
A lo que no conoces

Tómame y vamos
Que la vida es un goce
Es normal que le temas
A lo que no conoces
Quiero verte volar
Quiero verte volar

Y va liviano
Mi corazón gitano
Que solo entiende de latir
A contramano
No intentes amarrarme
Ni dominarme
Yo soy quien elige
Como equivocarme

Aprovechame
Que si llegué ayer
Me puedo ir mañana
Que soy gitana
[A. Ghost / shakira / I. Dench
/ C. Sturken / E. Rogers]

São as pequenas coisas:

Dormir até mais tarde

O carinho da mãe

Um gesto do pai

Um beijo dele

Andar átoa com a amiga

Risos descompromissados

Bobagens do passado

Pensamentos livres

Músicas antigas

Aquele frio na barriga

O aconchego do lar

As insensatezes alheias

Os segredos compartilhados

Os momentos relembrados...

São tantas coisas

São essas coisas

Que me fazem feliz

Mesmo que na felicidade

Eu não acredite

Mas no entanto sorrio...e meu sorriso é sincero!














Porque são as pequenas coisas

Que fazem do meu dia algo grande

Fantástico e especial

Mesmo quando me sinto pequena

E frágil...

Basta aquele ar

Aquela sensação

Uma ligação

Um beijo estalado

Um olhar trocado

E pronto:

Tudo se transforma!

E o sorriso brota

É inevitável

E eu nem tento

Sorrio bobamente

Indiferente àquela gente

Que me olha atravessado




Ai que encanto me traz

Seguir os passos

Que ninguém marcou

Os rastros

Que ninguém deixou

E mesmo assim

Saber que a resposta

Está no fim

E é tão irrelevante

Que os caminhos mudam

A cada passo incerto

E a cada sorriso

Que escapa...

Quem és tu que me lês? És o meu segredo ou sou eu o teu?

Clarice Lispector

Carinho

Carinho
da amiga Dandara

da amiga Srtª Bêêh

recebido da Joyce Kelly

da Joyce Kelly

Da Pat...

De A dangerous mind (1 dos 4)

de A Dangerous Mind e Somewere

de A Dangerous Mind

de A Dangerous Mind
Ocorreu um erro neste gadget

Por aqui ficaram:

Todos os textos aqui expostos e que não possuem assinatura são de autoria da proprietária do blog, os demais encontram-se devidamente referenciados. As imagens podem ser encontradas no google images. Por favor, não plagie, respeite os autores, crie suas próprias estórias. Obrigada pela visita, voltem sempre! bjus da kirah^^

hoje (clique vídeo)

hoje (clique vídeo)
Talvez eu já saiba a resposta...

Mo Foo