Doce Luar

Versos e mensagens, minhas ou de outrém...









Se é fogo que consome meus desejos
É fogo que me possui ao te imaginar
Se é de gelo que tua alma é feita
É de gelo que a minha vai se acabar

Quero meus lábios para com os teus
Quero meus braços para com seu corpo
Fazer do luar testemunha de nossos desejos
Fazer do sol  testemunha de nosso amor

Lhe darei liberdade para desertar
Lhe darei a imortalidade em meus pensamentos
Mesmo que o gelo de vossa alma
Seja deveras imponente como o tal continente

Torço para que estas linhas
Penetrem em teu solitário coração
-Digam a ela que de amores e emoção
Um quase poeta te espera em prontidão.

[Arthur Gomes]




---------------------------------------------------

Poema especial escrito por um amigo mais especial ainda... Saiba que você me marcou pra sempre...e obrigado por esse presente!



Desses olhares que fujo
olhos que condenam...


Nesses olhares me refugio
olhos que confortam...


Esses olhares me confundem
olhos obscuros...


Teus olhares me excitam
olhos sedutores...


Meus olhares se perdem
olhos que procuram...


                                          Te procuram!


                                                                Procuram me!


                                                                                       Nossos  olhos
                                                  
                                                                                                                  se  cruzam:


                                                                                                                                     Olhares...

 

 Vem comigo vem
seguir o mesmo caminho
Eu te quero tão bem
não fique aí sozinho
Vamos por ali
pra gente ser feliz
Porque ficar aqui
não te deixa assim
Venha sem demora
meu bem
Vamos embora
pro além
Dos sonhos que sabemos
Vamos escrever nossas próprias histórias
E viver aquilo que querermos
Vamos?
 

Ânsia louca de te ver
te tocar, te ter
vontade imensa
de você!
Vê se não demora
vem me ver
quero nos seus braços me perder...

                                       Sempre que penso
                                       em nós
                                       sinto que o mundo é pouco
                                       pra esse sentimento louco...

                                                                   Essa espera que me mata
                                                                   Me desespera não ter
                                                                  você aqui agora pra me proteger
                                                                 desse vazio que me apavora...

                                                                                                   Vem agora
                                                                                                  Sem demora
                                                         Sou tua
                                                         Me devora...

                                                                   Mesmo que depois tu vás embora...



 


Bem mais que o tempo
Que nós perdemos
Ficou pra trás também o que nos juntou...
Ainda lembro o que eu estava lendo
Só pra saber o que você achou
Dos versos que eu fiz
E ainda espero
Resposta





 

Desfaz o vento
O que há por dentro
Desse lugar que ninguém mais pisou
Você está vendo o que está acontecendo
Nesse caderno sei que ainda estão:
 



 
 
 
Os versos seus
Tão meus que peço
Nos versos meus
Tão seus que esperem
Que os aceite em paz

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Eu digo que eu sou
O antigo do que vai adiante
Sem mais eu fico onde estou
Prefiro continuar distante!
 
[Samuel Rosa/Nando Reis]
 
 

---------------------------------------------
 
Se você por acaso ver esse post instantaneamente saberá que é pra você...
Veja bem, foi bom enquanto durou
As palavras continuam
Apesar da sua decisão...
 
by kirah










Suas palavras
me excitam
desejo
poder transpassar essa tela que nos separa
e ver do que você é capaz
sua boca na minha
suas mãos pelo meu corpo
descobrindo meus segredos
quero
sentir na pele
o que você me faz ver na imaginação
você é capaz
de me fazer delirar
como promete?
quero saber
te desafio!
mata-me de prazer
e se prepare
para da mesma causa morrer...

E como vou dizer que estou sóbrio
Se embebedo-me em teus delirios?
Nossas imaginações se cruzam
E logo arde meu corpo como fogo
Quero molhar seu corpo
E me deslizar em suas caricias

Gozarmos juntos o desejo
A causa desse incêndio não me importa
Afinal se me satisfaz para quê perguntar o motivo?
Só quero retribuir a vontade
Fechar os meus olhos junto ao extase
E sonhar com os pecados de nós dois
Vivenciar a sensualidade da sua pele
E da potencialidade de nossos pontos sensíveis

Quero fazer sua fala se calar
E gemidos ouvir de sua boca
Sua pele marcada com meu cheiro
Seu interior junto à minha condição louca
Deixar um algo meu dentro de você
E achar sempre um caminho para te saciar
Te envolver entre meus delírios
Gozar num sonho onde não possa acordar

[Participação especial: Jr. Sollo]



 
Meus sentidos se inebriam
na doce leveza de estar
Minha alma se desfalece
na delícia de ser
Ai a beleza
de nada fazer
Tão bom em si mesmo se perder...por favor, mais uma dose de xerez...

Quem és tu que me lês? És o meu segredo ou sou eu o teu?

Clarice Lispector

Carinho

Carinho
da amiga Dandara

da amiga Srtª Bêêh

recebido da Joyce Kelly

da Joyce Kelly

Da Pat...

De A dangerous mind (1 dos 4)

de A Dangerous Mind e Somewere

de A Dangerous Mind

de A Dangerous Mind
Ocorreu um erro neste gadget

Por aqui ficaram:

Todos os textos aqui expostos e que não possuem assinatura são de autoria da proprietária do blog, os demais encontram-se devidamente referenciados. As imagens podem ser encontradas no google images. Por favor, não plagie, respeite os autores, crie suas próprias estórias. Obrigada pela visita, voltem sempre! bjus da kirah^^

hoje (clique vídeo)

hoje (clique vídeo)
Talvez eu já saiba a resposta...

Mo Foo